COMO CHEGAR ?

Desenvolvido por Print Max Publicidade e Eventos 2017

  • Wix Facebook page

Apoio:

Escolha da Rainha

Este concurso traz para o mundo dos rodeios, a beleza, elegância, desenvoltura e simpatia da mulher buritamense, um dos principais  eventos do gênero no interior do País, tem por objetivo a escolha da rainha, princesa e madrinha dos peões. O evento, tem por objetivo propiciar cultura, lazer e entretenimento ao público, além
de evidenciar a presença e importância da mulher no mundo country.

Três Tambores

É uma prova de rodeio que traz charme e elegância para dentro da arena, pois é a única que tem participação feminina no rodeio. Esta prova combina a habilidade atlética do cavalo e da amazona para contornar os três tambores, em um percurso triangular preestabelecido, no menor tempo possível. Com até milésimos de  segundos, valendo a competição, a prova conta com um sistema totalmente eletrônico. Ao ultrapassar a linha imaginária que liga um  conjunto de fotocélula o cronometro é automaticamente disparado,  caso venha derrubar algum tambor ela será penalizada em 5 s por tambor derrubado. Logo após a sua apresentação ela tem o seu  animal vistoriado. Se tiver alguma marca proveniente de  chicote/espora fora de padrão será automaticamente desclassificada.

Team Roping (Laço em Dupla)

A modalidade é disputada em duplas sendo um dos indivíduos responsável por laçar a cabeça do novilho (o cabeceiro) e outro as patas traseiras (o peseiro). Os dois competidores precisam ter uma boa sintonia para realizar seus movimentos com harmonia obtendo sucesso dessa forma em sua empreitada de laçar o novilho no menor tempo possível. Alguns erros podem levar os competidores a ter penas de adição de tempo ou desclassificação, saiba quais são eles: Peseiro laçar antes do tempo: O peseiro somente pode dar início à laçada das patas traseiras do novilho a partir do momento em que o cabeceiro tiver completado a sua parte sob pena de desclassificação. A concentração e o entrosamento entre a dupla  são decisivos para que os dois consigam realizar a sua atividade em perfeita sintonia. Laçar somente uma das patas: Se o peseiro conseguir laçar somente uma das patas do novilho penaliza sua dupla em 5 segundos.

montaria em touros

Na modalidade mais radical do rodeio mundial, o competidor deve segurar a corda americana – que envolve o corpo do animal - com  apenas uma das mãos. A outra, denominada mão de equilíbrio  deve permanecer livre, não podendo tocar em nada, nem mesmo  no próprio corpo, cerca/arena ou no lombo/corpo do animal. Caso isso ocorra será considerado apelo, ou seja SAT - sem aproveitamento técnico, nota zero. Outro tipo de apelo é quando o competidor às vezes até involuntariamente encaixa a espora na  corda americana conhecido na gíria como montar nos nós Os juízes levam em consideração na avaliação de uma montaria o grau de dificuldade que o animal impõe ao competidor, enquanto  maior, melhor a nota, desde que demonstre total domínio sobre o  mesmo e suporte o tempo regulamentar que é de 8 segundos e varia de 0 a 100 pontos. Não é permitido o uso de quaisquer equipamentos que venham provocar maus tratos/lesões aos animais. Este ano, a festa sediará uma das etapas do Circuito Rancho Primavera (CRP), um dos mais tradicionais e importantes circuitos do cenário nacional do Rodeio.